Não subestime o valor de um elogio!

Elogios sinceros… quem não gosta de receber? Elogios são palavras gentis, um jeito gostoso de dizer às pessoas que reconhecemos suas qualidades, virtudes e atitudes positivas.
No Relacionamento Amoroso os elogios tem a função especial de gerar maior conexão entre os casais, pois casais que tem o hábito de se elogiarem se sentem mais reconhecidos e motivados pelos parceiros.
Esses elogios funcionam como feedbacks sobre o que eles admiram um no outro, sejam no comportamento ou na aparência física.
É importante que ambos numa relação saibam quais comportamentos despertam encanto, afeição, consideração e respeito no parceiro.

Você tem deixado claro para o seu parceiro quais comportamentos e características dele você admira? Ouvir um elogio geralmente desperta uma sensação boa de autoconfiança e funciona como um tipo de recompensa para as pessoas que os recebem. Essa sensação é tão gostosa que as pessoas tendem a repetir as mesmas atitudes para serem elogiados novamente.
Então quando seu companheiro fizer algo que você admira e você quiser que ele repita essa mesma atitude em outros momentos, incentive-o com elogios. Não guarde os elogios para momentos extraordinários, use–os para reconhecer as pequenas gentilezas do dia a dia, coisas que você sabe que ele faz com certo esforço para lhe agradar. Por exemplo:  quando ele te esperar sentado do lado de fora da loja enquanto você faz compras, ou quando ele for contigo a algum lugar só para te agradar, ou ainda quando ele colocar os sapatos dele no lugar certo.

Você pode escolher motivá-lo a continuar tendo essas atitudes usando elogios ou pode simplesmente tratar isso como uma obrigação dele (“é o mínimo que ele poderia fazer”), mas entenda que se você não elogiá-lo, cedo ou tarde ele poderá deixar de fazer as coisas que você acha que seriam obrigações dele. Sabe por quê? Porque a motivação é um fator essencial para continuarmos agindo de determinada forma. Ninguém gosta de fazer as coisas só por obrigação.
Demostre que você valoriza as tentativas dele de deixar seu dia mais agradável.
Fique atenta aos gestos de gentilezas. Reconheça quando ele fizer algo por sua família, como levar sua mãe ao médico ou quando for mais atencioso contigo e puxar a cadeira para você se sentar ou lavar a louça do fim de semana. Use os elogios para incentivar seu companheiro a repetir as gentilezas.

O elogio funciona como um motivador, como se você dissesse a ele: “muito bem, continue assim, você é ótimo!”. Homens gostam de se sentir heróis. Dê esse gostinho ao seu companheiro e em troca você continuará sendo bem cuidada por ele.
Já ouvi algumas mulheres reclamarem “Ele era mais gentil no início do namoro, agora as gentilezas diminuíram”.
A gente tende a dar menos importância quando as coisas se tornam rotineiras. Será que você deixou de elogiá-lo porque as atitudes dele já não eram mais novidade para você e ele se desmotivou? “No início ele até abria a porta do carro, agora…nada!”.
Será que no começo você demostrava que notava e ficava feliz com esse gesto dele e depois você mesma com seu jeito pragmático, já tomava a frente e abria o seu lado da porta? Ou pior, começou a se portar como se fosse a obrigação dele abrir a porta?

Saiba que sua postura e seu comportamento interferem na postura e no comportamento dele. E vice versa.
Então quando ele se lembrar de comprar algo no supermercado pra você, seu chocolate favorito, suas comidas lights, ou outras coisas que só você gosta, reconheça! Diga uma frase que pode fazê-lo se sentir recompensado por ter sido gentil e ter se lembrado de você.  Não fique apenas no “obrigada”. A palavra “obrigada” não é elogio, é um agradecimento educado. Elogio é o que pode vir depois do agradecimento. É aquilo que vai fazê-lo se sentir admirado por você.
Evite ser o tipo de mulher que não elogia e ainda enche o companheiro de cobranças, usando uma voz “queixosa”: “Quando você vai ao supermercado você nunca se lembra de comprar as coisas que eu gosto!”.

Prefira elogios ao invés de cobranças, eles contribuem muito mais para o bem da sua relação.
Outra dica é: Substitua as críticas mal construídas por elogios. Eles são uma forma de você expressar suas preferências para o seu companheiro sem dar a ideia de imposição.
Por exemplo, ao invés de criticar as roupas que você não gosta que ele use, tipo, aquelas blusas regatas de time de futebol, elogie quando ele usar um estilo que você gosta, diga algo como: “você fica lindo quando usa essa blusa polo”. Aos poucos ele vai entendendo o que você acha mais bonito, e vai inclusive começar a se sentir mais bonito daquele jeito.  Se você ficar criticando as roupas dele e pegando no pé, dizendo o que ele tem que vestir ou não, é possível que ele continue usando o que você não gosta só pra se auto-afirmar e dizer a si mesmo que continua no controle das próprias escolhas. Então, seja sábia!
Outra coisa importante sobre os elogios é que eles são uma forma de dizer ao outro que você continua atenta a ele e que ele ainda é uma pessoa atraente para você. É muito ruim ter a sensação de que o outro se acostumou com você e nem te nota mais.

Essa semana meu marido cortou o cabelo, é sempre o mesmo corte e ele corta com bastante frequência por causa do trabalho. Mesmo assim sempre que eu noto eu faço um elogio sincero. Parece algo pequeno, mas ele gosta quando eu percebo, então passou a ser importante para mim, em troca recebo um sorriso tímido que eu adoro!
Recentemente vi uma propaganda do Boticário que fala justamente sobre casais que deixam de se olhar, de notar a presença um ao outro.
Nesse comercial o Boticário se propõe a embelezar as mulheres para o dia em que elas vão assinar o divórcio. Elas ficam lindas, são finalmente notadas pelos recentes ex-maridos e saem da mesa autoconfiantes e sorridentes, porém sozinhas.

Pensando sobre isso quero incentivar vocês a alimentarem a autoconfiança de vocês e dos seus companheiros enquanto ainda estão juntos. Usem os elogios para isso. Demonstrem que ainda se notam, se admiram e valorizam a presença um do outro.

Mas se você é do tipo que tem dificuldade para construir um elogio e fazer com que a pessoa elogiada se sinta verdadeiramente tocada pelo seu elogio.  Vou te dar uma orientação importante:
O foco do seu elogio deve estar na pessoa e NÃO na situação ou objeto. Exemplos.

Elogios com foco na Situação ou no Objeto

Elogios com Foco na Pessoa e na sua Atitude

“Que camisa azul linda! “

“Amor você ficou lindo nessa camisa azul”.

 “Que restaurante maravilhoso Amor!”

“O restaurante que você escolheu para nós  é maravilhoso”. Você tem muito bom gosto”.

“ O armário que estava quebrado agora ficou ótimo”.

Você fez um ótimo trabalho ao consertar o armário”.

Tente! Não subestime o valor de um elogio.
Agora se mesmo assim você ainda tiver dificuldade para elogiar por meio da fala, por timidez ou por falta de hábito ou estilo de criação familiar. Calma, ainda existe uma solução.
Uma boa opção é trocar elogios por escrito, seja por mensagens online ou impressas. Essa troca de bilhetes é comum entre casais que estão no início do relacionamento e essa atitude pode ser resgatada por casais com mais tempo de relacionamento.

7
Se o seu companheiro também não tem o hábito de fazer elogios, mostre que isso é importante tomando você a iniciativa, o exemplo fala mais alto do que a cobrança. Agora se mesmo você elogiando ele ainda não te elogiar. Existe outra forma de dizer a ele que você gosta de elogios, sem cobrá-lo diretamente e ele ter isso como uma obrigação. Por exemplo, quando você ver um homem elogiando uma mulher, seja na vida real, num filme, etc, comente com ele algo do tipo: “olha amor que gesto bonito desse homem, elogiar sua esposa. Lembro de uma vez que você me elogiou também e foi importante pra mim. Valorizo esse tipo de atitude”.
Precisamos aprender a dizer para o nosso companheiro as coisas que são importantes para nós, e para nossa relação, mas lembre-se que tão importante como o que dizer, é o como dizer.  

Beijos,

Bruna Arantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *